LDSportNews

LDSportNews


A França conquista o bicampeonato mundial

Os jogadores da França comemoram o bicampeonato mundial na Rússia 2018

Os jogadores da França comemoram o bicampeonato mundial na Rússia 2018 / Natacha Pisarenko – AP/AE

O futebol tem dessas coisas, é o único esporte onde o melhor muitas vezes não vence. A Croácia dominou a França em todos os aspectos na final deste domingo, no Estádio Luzhniki, em Moscou. Sua primeira parte, foi sublime. Teve mais controle de bola, chutes a gols, melhor desempenho tático, enfim, tudo o que uma equipe precisa, na teoria, para ganhar uma partida.

Entretanto, dois lances capitais comprometeram todo o esforço croata na grande final da Copa do Mundo da FIFA 2018. O primeiro deles, aos 18 de minutos de jogo, quando a França conseguiu chegar pela primeira vez ao ataque.

Griezmann caiu em um lance normal e o árbitro marcou falta. Ele mesmo cobrou na área e Madzukic, o herói croata da semifinal, marcou o primeiro gol contra na história das decisões de Copa. França 1 a 0. A Croácia, muito melhor em campo, não sentiu o golpe.

Pelo contrário, manteve a pressão e Perisic não demorou muito para empatar com um golaço, após uma boa jogada coletiva. Depois disso, entrou em cena o VAR, a grande novidade dessa Copa. Em uma jogada bastante discutível na área, o árbitro consultou o novo recurso e marcou pênalti. Griezmann – o MVP da partida – bateu e fez.

Festa francesa na Rússia

O roteiro do segundo tempo foi idêntico ao do primeiro. Mas desta vez, sem a interferência do árbitro argentino, Nestor Pitana. Os croatas deixaram a alma em campo atrás do empate e acuaram os franceses na defesa. E novamente quando eram melhores, sofreram um novo castigo diante da eficiência adversária.

Mbappé foi lançado na direita e utilizou sua velocidade supersônica para conseguir um cruzamento da direita. A bola passou por Griezmann e chegou nos pés de Pogba, que precisou de duas chances para mandar a bola para a fundo das redes.

Pouco depois, o próprio Mbappé (eleito o melhor jogador jovem do mundial) ampliou com um chute certeiro de fora da área. Tudo parecia decidido, mas uma falha do goleiro Lloris aproveitada por Mandzukic voltou a dar vida aos croatas, que mostraram uma força de vontade incrível diante da adversidade.

Entretanto, não tiveram a precisão necessária para reverter a vantagem francesa. Final: França 4 a 2 e segundo título mundial para o futebol francês. Aos croatas, restou a lembrança de uma campanha histórica e o prêmio de Melhor Jogador da Copa do Mundo para Luka Modric. No mais, até a próxima. Ou melhor, até o Catar 2022.

Tags: , , , , , ,


Share this:

%d blogueiros gostam disto:
Copyright © 2009 LD SportNews. All rights reserved.