LDSportNews

LDSportNews


A Croácia faz história no futebol

Modric e Mandzukic celebram a vitória histórica

Modric e Mandzukic comemoram a virada histórica contra a Inglaterra (2-1), no Estádio Luzhniki, em Moscou / Rodolfo Buhrer – FotoArena/AE

Foi um duelo de estratégias que acabou em um novo ‘Brexit’, desta vez no Estádio Luzhniki, em Moscou. A Inglaterra, sem surpresas na escalação, usou um sistema híbrido, um 3-5-2 ofensivo que virava um 5-4-1 na hora de defender. Já a Croácia apostou pelo mesmo time que goleou a Argentina na fase de grupos, alternando seu posicionamento do 4-5-1 ao 4-4-2 de acordo com a necessidade.

Entretanto, um golaço de falta logo aos cinco minutos de jogo de Trippier deu mais tranquilidade aos ingleses para botar em prática a estratégia estabelecida. Com menos pressão e uma vantagem psicológica no gramado, a Inglaterra passou a se defender melhor e utilizar os contra-ataques, apostando pela velocidade de Sterling e a inteligência de Kane.

E foi dele, Kane, o artilheiro da Copa, a chance de ampliar ainda no primeiro tempo. Recebeu sozinho na área e chutou duas vezes. Em ambas, o goleiro Subasic defendeu e mostrou porque também é um dos destaques da competição, segurando a equipe inglesa até o intervalo.

Reação croata

O que faltou de ideias para a Croácia na etapa inicial, sobrou no segundo tempo. Comandados por Luca Modric, os croatas mostraram sua alma guerreira e foram em busca do empate. E ele veio, com Perisic (MVP da partida), que esticou o pé como pôde em um cruzamento da direita, tirou a bola da cabeça de Walker e deixou tudo igual.

Restavam ainda 22 minutos para o fim do tempo regulamentar e a exemplo do que ocorreu diante da Colômbia nas oitavas de final, a Inglaterra não soube assimilar o golpe. O domínio da Croácia foi absoluto e os ingleses trataram de segurar o bombardeio rival para chegar com vida na prorrogação.

Um feito para a eternidade

Nos 30 minutos que dura uma prorrogação, a Inglaterra não viu a cor da bola. Ciente da superioridade da Croácia, que parecia ter o dobro de jogadores em campo, os ingleses decidiram se defender sem nenhuma vergonha para quem sabe, com um pouco de sorte, levar a decisão para os pênaltis.

Mas os croatas não estavam dispostos a desperdiçar a chance de disputar pela primeira vez uma final de Copa do Mundo. E Mandzukic fez justiça ao bom futebol da Croácia e marcou – no minuto 109 – o gol de uma virada histórica (2-1). Um feito único para o futebol croata, eternizado na Rússia 2018.

Abaixo, confira as estatísticas da partida fornecidas pelo twitter oficial da Copa do Mundo da FIFA!

Tags: , , , , , , , ,


Share this:

%d blogueiros gostam disto:
Copyright © 2009 LD SportNews. All rights reserved.